Olá, seja bem-vindo!

Esperamos que você acesse, pesquise, comente e saia satisfeito.
Estes são nossos primeiros passos para futuros administradores.

15 de dez de 2009

Os sete talentos do profissional do futuro


As necessidades do mercado de trabalho estão em constante mudança. O que era bom até pouco tempo atrás, hoje vale muito pouco e amanhã valerá menos ainda. Habilidades que eram pouco requisitadas agora o são com uma frequencia cada vez maior.


Mas como se situar em face desse mercado mutante? Simples: investindo firme nas habilidades que o mercado buscará no futuro próximo ou que já está buscando agora. As empresas, de um modo geral, quando fazem seus mapeamentos de talentos visando planos estratégicos de sucessão para os próximos anos, tem buscado algumas competências comuns. Essas competências são:

1 – Auto Gerenciamento

2 – Comunicação Múltipla

3 – Negociação

4 – Adaptabilidade

5 – Educação Contínua

6 – Domínio da Tecnologia

7 – Foco nos Resultados


· Auto Gerenciamento

Significa a capacidade do indivíduo em se auto motivar, auto disciplinar, auto cobrar, auto avaliar, em suma, o indivíduo como um módulo, uma estação de trabalho completa, capaz de realizar coisas, projetos, tarefas, buscar soluções e identificar as formas de implementar essas soluções.

Alguns valores inerentes ao auto gerenciamento:

- Saber o que quer fazer profissionalmente e ir nessa direção. Não desistir;

- Estabelecer metas pessoais e saber conjugá-las com as metas de um grupo ou empresa, se necessário;

- Montar um planejamento eficaz sobre como atingir essas metas;

- Executar esse planejamento, avaliar os resultados, corrigir rumos e continuar o processo em um ciclo constante.


· Comunicação Múltipla

O mundo é uma aldeia global. Capacidade de se comunicar de modo realmente eficaz em inglês deve ser a primeira prioridade na área de línguas estrangeiras, salvo casos específicos.

Uma análise que deve ser feita com bastante cuidado: antes de sair para uma terceira língua, certificar-se de que o inglês está realmente bom. Por que? O mundo inteiro se comunica em inglês. Os outros países também tem essa mesma preocupação, por isso é que ressaltamos que em se tratando de outras línguas é fundamental avaliar bem o custo de aprendê-las versus o benefício que terá com isso.

Afinal, aprender uma língua nova requer esforço, tempo e dedicação. Mas como avaliar se o seu inglês é bom o suficiente? Simples: quando você consegue fechar negócios em inglês, quando seus interlocutores conversam com você naturalmente e nem se lembram que você não é nativo ou mal fazem menção a isso. Quando seu inglês estiver nesse nível, então você pode dizer que fala bem a língua. Não aceite nada menos que isso. Aí então, você deverá investir em uma terceira língua.

Outras formas de comunicação: explorar e conhecer. Informática, blogs, twitter, internet, intranet, processos e sistemas de informação e transmissão de dados. Como usuário, é importante conhecer o máximo e manter-se atualizado com todas as formas de comunicação.

· Negociação

Todo mundo está vendendo alguma coisa a alguém o tempo todo. Isso é cada vez mais verdadeiro e se aplica constantemente ao mercado de trabalho, em um número crescente de áreas ou funções profissionais. Por esse motivo você deve dedicar especial atenção às suas habilidades nesse campo. Uma forma de entender e avaliar esse tópico em seu perfil comportamental é refletir sobre os itens a seguir. O quanto você se encaixa em cada um? Qual o tipo de dificuldade que tem? Qual o tipo de vantagem que você tem?

Resumindo, capacidade de negociação significa:

- Saber apresentar ideias de modo claro e convincente;

- Saber argumentar positiva, franca e objetivamente;

- Saber ouvir e ponderar o que se ouve;

- Saber amarrar conclusões e pedir/cobrar/tomar uma decisão ao final de um processo de argumentação ou mesmo de venda;

- Saber ouvir e entender objeções. Em seguida, saber construir formas convincentes de superá-las.


· Adaptabilidade

Mudança é uma das duas grandes certezas da vida. As coisas mudam. Sempre. Por isso mesmo o profissional do futuro não deve apenas assumir uma posição de apenas aceitar as mudanças. Ele deve procurar prevê-las e antecipar-se a elas.

A capacidade de facilitar o processo de mudanças, quaisquer que sejam, para as pessoas à volta também é uma característica importante e uma habilidade a ser cultivada. Portanto, a linha de ação a seguir se traduz em buscar as mudanças, antecipar-se, procurar melhorar.

· Educação Contínua

A vida é um aprendizado constante e no mundo moderno isso se torna cada vez mais verdade. A cada ano e semestre, novidades tecnológicas se incorporam ao nosso dia a dia. Novas descobertas e processos mais eficazes de fazer as coisas aparecem a cada momento.

O que era um mistério ontem tem uma solução hoje e amanhã será apenas uma lembrança. Por isso, o processo de treinamento e desenvolvimento de um profissional de sucesso ocorre por toda a sua vida. Ele tem que estar constantemente se atualizando, buscando novos conhecimentos, novas abordagens. Nesse item, os valores a serem praticados são:

- Buscar aprimoramento contínuo;

- Identificar qual conhecimento adicional é importante e ir buscá-lo;

- Questionar-se constantemente, exercer a curiosidade profissional.


· Domínio da Tecnologia

Tecnologia faz diferença. Esse item tem uma relação estreita com os anteriores. Alguns valores importantes a serem praticados são:

- Buscar, usar e fomentar o uso de tecnologia de ponta, sempre que possível;

- Buscar condições para que seja possível usar tecnologia de ponta;

- Decretar sua própria obsolescência e partir para patamares mais altos de tecnologia, sempre que possível.


· Foco nos Resultados

Ao fim e ao cabo, são os resultados que interessam, desde que a ética seja respeitada. As pessoas são avaliadas por suas ações e pelo resultado delas. Essa é uma máxima muito verdadeira. Dois tópicos muito importantes para reflexão e análise:

- Identificar qual é o resultado que se busca;

- Reconhecer o que agrega valor em termos de custos/esforços e centrar-se nisso.



Edson Rodriguez é consultor em Gestão de Pessoas e Orientação Profissional, coacher gerencial e e Vice Presidente da Thomas Brasil (www.thomasbrasil.com.br).

Leia Mais…

Empatia em lugar de simpatia


Empatia é a capacidade de se colocar na situação do outro, incorporar-se ao seu mundo, vivenciar a sua realidade e ver como o outro vê, e não como você veria se fosse o outro. Como imortalizou o cancioneiro popular:


“Eu arrancarei os teus olhos e tu arrancarás os olhos meus
E eu colocarei os teus olhos no lugar dos olhos meus
E tu colocarás os meus olhos no lugar dos olhos teus
E eu passarei a ver pelos teus olhos e tu passarás a ver pelos olhos meus.”

Colocar-se na posição do outro, no caso do subordinado, perceber e sentir como ele, e não como você perceberia e sentiria no lugar dele, é uma condição essencial para o desempenho do papel educativo do avaliador na entrevista de avaliação de desempenho.

Ser empático significa compreender e respeitar os sentimentos do avaliado. Ser simpático apenas pode deslizar para uma atitude de comiseração, pena e lamentação que beira o mais das vezes ao desrespeito e a uma atitude de superioridade ou de arrogância do avaliador, quando não de censura e de julgamento negativo do comportamento do avaliado.

O gerente deve oferecer empatia ao colaborador, aceitar e respeitar os seus sentimentos e permanecer neutro, com uma atitude não-depreciativa.

É preciso que você mantenha a porta aberta ao diálogo para que possa proceder às intervenções que julgar oportunas visando à superação de problemas de desempenho detectados no comportamento do avaliado.

Wagners@attglobal.net
www.wagnersiqueira.com.br

Leia Mais…

1 de dez de 2009

Antivírus Gratuito, quais são as opções?


Se você navega pela internet é quase certo que já enfrentou problemas com vírus de computador ou algum tipo de malware (programa mal intencionado) que atrapalha a navegação ou envia para toda a sua lista de amigos uma mensagem inconveniente do tipo "veja as suas fotos..." para disseminar a praga.

Arriscaria-me até a dizer, que é quase impossível não ter passado por uma experiência dessas se você é assíduo usuário de downloads, um curioso nato ou ainda um clicador maníaco - e, entenda-se por isso, aquelas pessoas que antes de terminar de ler a mensagem e avaliar os riscos de clicar em Sim, Yes ou Instalar, já clicaram no botão.

A primeira dica é: SEMPRE leia os alertas que aparecem na tela com atenção. Por isso o nome da mensagem é esse "ALERTA" e saiba identificar e entender o que eles querem dizer - tenha paciência para isso. Boa parte dos poblemas poderia ser evitado somente com essa atitude.

Mas só isso não basta, não é? O tempo é curto e para minimizar ainda mais possíveis danos é aconselhável ter antivírus. Mas sempre vem a dúvida: qual escolher? Qual é o melhor? Aliás, costumo recomendar com ênfase nas minhas consultorias, que além de backup é indispensável ter uma licença de no mínimo um ano se você não quiser se preocupar muito e é indicado pagar por ela. É a segurança da sua informação que está em jogo.

Mas não sei se é a crise ou sovinice mesmo, a resposta é sempre: "mas isso é tão caro..." Ou "qual o melhor deles e o mais barato?" Enfim, aí entra a velha resposta que todos detestam: depende.

Depende de quanto vale a informação que você quer proteger, de quanto tempo ou dinheiro você vai perder se tudo for destruído por uma formatação indesejada, depende da máquina que você possui para ter um antivírus pesadão ou um leve, são tantas as perguntas... A resposta é uma só: versões de demonstração por 30 dias.

Um antivírus gratuito protege sim, mas não é tão confiável quanto uma versão paga. E as versões de demonstração, bem, são de demonstração, depois você deve optar por adquiri-las ou não. Mas dá para você ter uma boa ideia do que
você tem pela frente. Ter versões de demonstração é quase uma praxe do mercado. Procure por um antivírus, clique em download e faça o teste. Mas se a ideia é instalar um software gratuito, então veja as seguintes opções:

Softwares Gratuitos:

Avast! Antivirus: Um dos mais conhecidos antivírus gratuitos. Tem a interface em português e seu principal defeito é o escândalo na hora que encontra um vírus. Sua principal vantagem é uma ótima varredura para encontrar as pragas eletrônicas.

AVG: versão gratuita desta ótima suíte de softawre de segurança, é um dos mais conhecidos e mais baixados pela internet. Possui uma versão específica para pequenas empresas e atende as principais necessidades dos seus usuários.

Avira Antivir: Uma busca na web pelos principais comentários descobre-se que o Avira é o tipo de antivírus "ame-me" ou "deixe-me". Leve, mas com algumas dificuldades esperadas de um software que está entrando na competição do mercado brasileiro.

ClamAV: simples e direto. Essa é a definição do Clam. Não possui muitos recursos, como uma varredura em tempo real e a atualização é um dos pontos que merecem um pouco mais de atenção. Entretanto, se a ideia é possuir um software para analisar aqueles programas que você baixa por aí, vale a pena testar.

Comodo Internet Security: com a recomendação da maioria dos usuários, o Comodo Internet Security é um ótimo firewall e ainda é um antivírus que segura as principais ameaças.

Microsoft Security Essentials: é incrível o que a Microsoft vem conseguindo com seu novo antivírus, antes de qualquer coisa, ela conseguiu quebrar oparadigma de um péssimo desenvolvimento de antivírus. O Essentials vem ganhando a confiança dos usuários assim como o novo sistema operacional. Marketing? Só testando para conferir.

PC Tools Antivirus: com uma interface sob medida para os iniciantes, o PC Tools não tem uma boa classificação quanto a varredura do sistema mas é aquele programa essencial para quem não utiliza muito mais da máquina além do processador de texto e verificação de e-mails.

Rising Free Antivirus 2009: o maior dos defeitos deste antivírus é o fato dele não ter suporte ao idioma português, entretanto, tem uma interface bem desenhada e detecta uma boa quantidade de ameaças para ser considerado entre os top de linha gratuitos.

http://br.especiais.yahoo.com/plug-play/artigo/post/tech_noticias/15/Antiv%C3%ADrus-Gratuito%2c-quais-s%C3%A3o-as-op%C3%A7%C3%B5es%3f.html

Leia Mais…

27 de nov de 2009

Cursos de Administração em Salvador

Aqui encontra-se o Índice Geral de Cursos da Instituição - IGC 2008 (Triênio 2006, 2007 e 2008. Acesse e confira.


fonte: http://www.educacaosuperior.inep.gov.br/funcional/lista_cursos.asp

Leia Mais…

25 de nov de 2009

APO de Métodos - Administradores na sociedade contemporânea

O novo cenário mundial globalizado provoca a necessidade das organizações se tornarem ambientes de aprendizagem, conscientes das influências do meio em que se localizam e da competição existente no mercado. Para isso uma série de mudanças deve acontecer na estrutura da empresa e principalmente, no perfil do administrador, porque é através dele que os objetivos serão alcançados com sucesso. Assim, a sua formação, as suas atitudes, os seus valores, suas técnicas, habilidades e idéias são de extrema importância para o crescimento da organização. A seguir, a história de um empresário bilionário que iniciou sua carreira humildemente e conseguiu alcançar seus objetivos e muito sucesso, denominado “O imperador do aço”.

O italiano Steno Marcegaglia de 77 anos é movido pelo gosto de ver as empresas nascerem e crescerem. O modelo de produção inicial de Steno era baseado nas tarefas, que eram divididas e especializadas para cada operário, porém ao contrário desse modelo, onde o empreendedor não tem visão global, Steno passou a investir a cada ano todo o lucro obtido, adquirindo cada vez mais máquinas que melhoraram o trabalho individual, visando o sucesso da empresa como um todo, distribuindo confiança e responsabilidade aos seus colaboradores. Para a maioria das pessoas, dedicar a vida ao trabalho e sequer gozar os lucros pode parecer insensato mais para ele nada o dar maior prazer do que construir do zero, transformar algo de difícil definição uma idéia abstrata em algo concreto que funciona o que e possível em realidade.


O fundador do grupo Marcegaglia, hoje entre os maiores processadores mundiais de aço, era filho de um marceneiro humilde, mais quando lhe perguntavam o que queria ser quando crescesse, dizia que seria rei ou papa, pois era dinâmico, atropelava as adversidades com uma vontade impar de fazer os seus sonhos acontecer desde autora. Nascido na época da ditadura, Steno passou para um teste de alistamento militar aos dez anos de idade, durante a Segunda Guerra a escola a qual freqüentava para formar comandantes foi bombardeada, ele voltou para a casa da mãe que trabalhava com os parentes em um simples restaurante. Todos os dias ele percorria quarenta quilômetros de bicicleta para ir à escola e a noite trabalhava com sua mãe.


Aos dezoito anos ganhou o seu primeiro salário e outros novos planos foram surgindo, pois sempre foi visionário e planejava sempre ir em frente. Pouco antes de completar trinta anos Steno já tinha na sua poupança 1,5 milhão de libras. Ele não tinha experiência nem qualquer qualificação especial, então aproveitou que morava perto de indústrias e começou a comprar fitas de aço que com uma perfiladora, transformava em guias de janelas. Seus primeiros funcionários ganhavam muito pouco, pois Steno não tinha condições de paga-los regularmente alem das condições precárias do ambiente de trabalho. Steno ainda tinha que aturar as gozações de outros empresários que produzia mil toneladas de perfis por mês enquanto ele era apenas cem toneladas, pois sua oficina não tinha eletricidade e as maquinas funcionavam com motores. Só que enquanto os herdeiros estavam gastando em casas e carros, Steno continuava como pobre empreendedor que reinvestia todo o dinheiro que ganhava. Com o dinheiro comprou novas máquinas e a sua produção aumentou a tal ponto de produzir quinze mil toneladas por mês, transformando idéias em negócio, impulsionando a ambição em seu favor, e os que riam dele continuava a produzir as mil toneladas e continuavam a gastar com outras bobagens, a ponto de vender as suas indústrias para Steno por não terem como dar lucros. Aos 35 anos começou sem experiência alguma no setor siderúrgico e começou a se tornar importante ao transformar o aço italiano.


Hoje, o grupo Marcegaglia processa mais de 5 milhões de toneladas por ano. São 47 plantas por todo o mundo com mais de 6,5 mil colaboradores para ele dirigir um negócio deste tamanho precisa de entrega e quem não quer ter problemas deve escolher ser funcionário ou ter pequeno negócio já que o mesmo é incansável e louco pelo trabalho. Steno considera como “bússola empresarial” dar ao mercado o que ele pede, orientar a empresa com eficiência, comprometer-se com a empresa e com as suas metas, ter ambição e não deixar-se abater pelas dificuldades, não acomodar-se com os bons resultados ou deixar de investir na empresa e não dar ouvidos a opiniões pessimistas.

Leia Mais…

2000 acessos - Obrigado!!!!


Chegamos a dois mil acessos, parabéns a todos da equipe Coluna Acadêmica e principalmente aos amigos que acessam nosso blog, e aguardem em breve faremos uma promoção com prêmios.
Equipe Coluna acadêmica

Digite aqui o resto do post

Leia Mais…

APO de Matemática - MAXIMIZAÇÃO DE LUCRO

É a Orientação de mercado de uma empresa que está interessada na busca da obtenção do maior lucro possível, é frequentemente utilizada em microeconômica pelo fato de prever o comportamento empresarial de forma razoavelmente acurada evitando complicações analíticas desnecessárias. Esta maximização é obtida através das receitas, despesas e custos de cada organização.

TELECOMUNICAÇÃO: EMBRATEL E TELEMAR

A Empresa Brasileira de Telecomunicação ( EMBRATEL), é uma das maiores empresas brasileiras de telecomunicação, foi a pioneira a Discagem Direta à Distância (DDD) e uma sucessão de inovações indispensáveis ao desenvolvimento, como a Rede Nacional de Telex, a Discagem Direta Internacional (DDI) ligando o Brasil a vários países e a Rede Nacional de Comunicação de Dados por Comutação de Pacotes dando um salto para o mercado corporativo, e nos anos 90, introduziu a Internet no Brasil.
A Telemar é uma empresa concessionária de telefonia fundada em 1998. A Telemar atua nas áreas de Telefonia Fixa e Telefonia Celular. Em março de 2007 o serviço de telefonia fixa da Telemar passou a comercializar todos os seus serviços com a marca OI, passando a ser chamado de OI Fixo. A OI é a pioneira na introdução da tecnologia GSM no Brasil. Além do serviço de telefonia fixa a Oi disponibiliza uma grande diversidade de outros serviços, como a prestação de serviços de comunicação de dados, internet e longa distancia

4 - MAXIMIZAÇÃO DE LUCRO


01/01/2006 a 31/12/2006 01/01/2007 a 31/12/2007 01/01/2008 a 31/12/2008
EMBRATEL TELEMAR EMBRATEL TELEMAR EMBRATEL TELEMAR
Receita Liquida de Vendas e/ou Serviços 8.220.201 16.871.834 8.624.753 17.584.314 9.777.306 18.735.910
Custo de Bens e/ou Serviços Vendidos -5.333.365 -9.364.788 -5.563.038 -9.256.258 -6.376.961 -9.657.369
Resultado Bruto 2.886.836 7.507.046 3.061.715 8.328.056 3.400.345 9.078.541
Lucro / Prejuízo do Período 105.226 1.452.896 789.367 2.317.820 612.703 1.154.280


A Telemar e a Embratel possuem a receita liquida de vendas e serviços maiores que o custo de bens e serviços. Em 2006 o custo da Embratel corresponde a 64,88% da sua receita enquanto a da Telemar corresponde a 55,5%, em 2007 o custo da Embratel corresponde a 64,5% da receita e a Telemar 52,63%, e em 2008 o custo da Embratel corresponde a 65,22% da receita e a Telemar 52,55%.
Ambas possuem seu maior lucro no ano de 2007, porém o lucro da Telemar é sempre maior que da Embratel, correspondendo a 92,75%, 65,94% e 46,91%%, nos respectivos anos 2006, 2007 e 2008. Porém observa-se que há uma tendência a redução nesta diferença ao longo dos anos.
De 2006/2007 a Embratel possui uma maximização de lucro de 86,67%, de 2007/2008 ocorreu um prejuízo de 22,38%. A Telemar possui uma maximização de lucro em 2006/2007 de 37,31% e em 2007/2008 houve um prejuízo de 100,8%.
Apesar de a Telemar possuir lucro do período sempre maior que a Embratel, e a Embratel possuir seu custo próximo a receita liquida, ao analisar a maximização de lucro percebe-se que a Embratel possui uma maior maximização de lucro e menor prejuízo em relação à Telemar.
Entretanto, apesar das oscilações entre lucros e prejuízos, ambas as empresas ao fim de cada ano possuem saldo positivo, pois o seu saldo final é sempre maior que seu custo, ou seja, apesar do prejuízo em todos os anos há lucro nas empresas,e a Embratel apesar de obter menores lucros possui ao longo dos anos uma maior maximização em relação a Telemar.

Leia Mais…